quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Transparência

.
Quase tudo o que eu falo é de coração. Claro que de vez em quando falamos sem pensar - principalmente quando estamos na TPM (no meu caso), mas eu não sou muito fã da impulsividade. Se por um lado sou só coração, por outro sou racional e quando preciso sou capaz de analisar as coisas friamente. Foi necessário, a vida me ensinou. Não me peça para ser falsa. Eu não posso, é mais forte que eu. Não consigo camuflar meus sentimentos e emoções. Quem me conhece sabe que sou transparente até demais. Como conseqüência, acabo sendo muitas vezes [mal] julgada e recebendo adjetivos que sinceramente não mereço. É o preço que se paga. Minha mãe diz que me exponho muito por causa dessa minha característica. Ela tem razão. Mas quer saber? Não abro mão da minha sinceridade, nem de ser assim, intensa, oito ou oitenta. Se eu digo que amo, é porque amo de verdade. Não finjo gostar [de pessoas e atitudes] por educação. Quem gostar de mim tem que aceitar o pacote inteiro. Mais do que tudo, meu verbo é sentir.
.




19 comentários:

Niña disse...

8 ou 80!! Faço parte desse clube também :D

Bjinhos

Georgia disse...

Oi Amiga, quem pisou no seu calo?

Sua mae tem razao: Paga-se um preco alto. EU confesso que já fui mais sincera com meus pensamentos, com minnhhas atitudes. Mas descobri que afastei os amigos, ou sei lá se eram amigos. Mas na verdade fiquei sozinho um bom tempo por causa da minha forma de ser. Hoje em dia sei que nao preciso de amigos para sobreviver, mas eles me fazem falta.

Por isso, prefiro muitas vezes me calar e tornar a pergunta como um eco quando alguém me pergunta algo. Nem sempre os amigos estao prontos a ver a verdade que está gritante e quando as dissemos, entao nao servimos mais como amigo. É isso.

Sim, as criancas comeram e gostaram muito, até porque eu nao faco comida separada para as criancas elas devem comer de tudo que tem na mesa, mesmo que em pouca quantidade.

Um grande beijo

Bia Mendonça disse...

Eu sou uma escrava da impulsividade, mas tb da honestidade. Não acho que seja falar o que pensa a todo momento, sem filtrar as coisas, mas falar sempre a verdade é importante!
Infelizmente nem todo mundo está preparado para ouvir as verdade que a gente tem pra dizer!

bjs

Silvana Nunes .'. disse...

Navegando sem ruma com a intenção de divulgar o meu blog, cheguei até você e gostei do que vi, tanto que pretendo voltar mais vezes. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da tela do computador está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar cuidado. Em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura e enauqnto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam.
Se gostar da minha proposta, siga-me.
Por hoje fico por aqui, Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !

Verônica disse...

BRAVO, BRAVO, BRAVO \o/
me encaixo muito nesse texto, ou é oito ou oitenta! rs
adoreeeei, beijos flor

Chica disse...

Eu adoro quem é transparente. Autenticidade faz bem. Por vezzes, por causa delas, nos ralamos ...Mas,eu pretendo continuar assim...Lindo desabafo,Paulinha!beijos,chica

Ana Filipa Oliveira disse...

Se é bem ou não, se é bom ou não... eu não sei. Mas que é intenso, viver assim, é! Não é mesmo?

Annie Manuela disse...

Estas certíssima. Tb sou assim, ñ sou de fingir nem aceitar qualquer coisa só pra ñ contrariar alguém, se ñ concordo, ñ concordo e ponto final.

Bjks.

Raquel Cecília disse...

Olá, td bem? Cheguei aqui através do blog da Nayana, o Mais uma vez. =^^=

Menina, logo de cara me identifiquei com vc e com seu post! Acredita que agora pouco postei sobre o mesmo assunto?

Eu sou assim também, e muitas vezes enfrento situações muito desconfortáveis e pessoas agindo feito crianças mimadas por causa da minha total incapacidade de disfarçar na cara o que penso e sinto.

É só me olhar, e já se sabe o que se passa na minha cabeça. Não é fácil não, mas eu não suporto falsidade nem mentira, então prefiro continuar nessa luta do que me tornar mais uma.

Enfim... Ficarei feliz com sua visita um dia! =^^=

Meu blog é: www.simplesoriginal-quel.blogspot.com

Bjinhu e bom fim de semana!

Ah sim! Estarei te acompanhando!

Clara disse...

Oi Paulinha!!
confesso que as vezes falo sem pensar, mas por inumeras razões agora eu pondero mais o que falo, nõa que eu esteja camuflando quem sou mas prefiro calar, quando sei que posso.
beijo grande Paulinha!

Na. disse...

Eu digo que meu problema é que eu falo antes e penso depois, ai vez ou outra alguem se chateia comigo! Mas fazer o que? Mudar? Não... Só ter cuidado quando for falar! rs
O código pra o menu horizontal eu peguei no blog Templates Novo blogger: http://templatesparanovoblogger.blogspot.com

Xerus
=***

Dandra disse...

Noossa Paulinha, disse tuudo!

A sinceridade é uma das características que mais admiro nas pessoas.

Bjs

.ana disse...

nossa, lendo isso, parecia que era eu falando de mim! sou igualzinhaaa!!!! inclusive andei falando algumas coisas semelhantes no meu blog.
[incrível a semelhança... e realmente, a gente paga um certo preço por ser assim. mas nada como ter uma consciência tranquila, e poder dormir em paz. isso é impagável.]


beijos!

Michele disse...

Olá Paula,
Eu acho que as pessoas deveriam ter um selo de sinceridade, não é mesmo? prefiro muito mais as pessoas sinceras, que falam a verdade a falsas, pessoas interesseiras, odeio isso. Recentemente, uma amiga minha perdeu emprego, pq sempre disse a verdade, sempre fora sincera, e muitas pessoas não estão preparadas para verdade...
Um bj e uma ótima semana para vc.

Sarah disse...

Bom gostaria de analisar friamente certas situações, mas eu termino agindo mais na impulsividade mesmo e muitas vezes isso não é bom, mas enfim...
Quanto a sinceridade, realmente não mude, eu tb tenho essa característica, já perdi mts "amigos" por falar certas coisas, mas não me arrependo, acho melhor conviver com pessoas sinceras, por mais que algumas vezes falemos algo que machuque as pessoas em nossa volta, do que conviver na falsidade.
Bom início de semana sis.

ellen disse...

Antes transparente do que opaca sem nada para encantar :)

Gostei de lê-la!
e Continue sempre assim...

Beijinho

Mari disse...

Sei exatamente o que você está falando, Paulinha. Meu adjetivo sempre é "radical" e "impulsiva". Ambos estão errados. A melhor forma de me descrever é: "Fiel aos meus sentimentos". ;)
Beijos

Manu disse...

Onde assino?
Identificação total!

Maryama* disse...

Que seja sempre assim :)

Postar um comentário