sábado, 13 de março de 2010

Palavras de Florbela

.
.
"Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
Não vivo sozinha porque gosto e sim porque aprendi a ser só."

(Florbela Espanca)
.

12 comentários:

Anna disse...

Nossa Paula, adorei esses dizerers...
Tem muito a ver comigo! Muito não, tem TUDO a ver comigo.
Amei de verdade e ja estou copiando.
Beijos!
Se quiser visite meu blog:
http://seilamuitascoisas.blogspot.com

Michele disse...

Oi Paula,
Que lindooo.
Bj.

Chica disse...

Florbela é sempre maravilhosa!beijos,tudo de bom,chica

Clara disse...

lindo texto Paulinha !!
e um belo domingo pra ti!!

Albuq disse...

Paula que lindo! Conheci esse blog e adorei!
Bjs

Micha Descontrolada disse...

ai, achei triste...

/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Fernanda disse...

Amei o texto. Ponto. :)

Bjs!

Mariane disse...

Paula...

Triste mas muito bonito esse texto...

Bjinhuss!!

Mylla Galvão disse...

Amo a Florbela...
Pq durante mtos anos a sua poesia me traduziu e agora amo mto mais pq seus versos traduzem o q de vez em qdo passa em minha alma!!!

bjs

Mari disse...

Lindo, lindo, lindo!
Florbela Espanca sempre tem palavras certas.
Só acho que tem alguém tristinha por aí, né, Dona Paulinha?
Se precisar desabafar, sabe meu e-mail. ;)
Beijos

Irene Moreira disse...

Muito lindo e muito nosso. Florbela, Florbela nossa companheira.

Beijos

Sandra luisa disse...

Que lindo!! Aliás, tdo noseu blog é lindo!!Vou seguir.Bjo

Postar um comentário