sábado, 21 de agosto de 2010

A ladeira da saudade


Livro: A ladeira da saudade

Autor: Ganymedes José

Editora: Moderna

Ano: 1983




Li esse delicioso livro pela primeira vez no colégio em uma época muito boa da minha vida. Eu morava em Belo Horizonte (ô saudades, meu Deus!) e a história se passa em Minas. Talvez por isso ela me passe uma emoção tão boa. Gosto de reler meus livros bastante tempo depois da primeira leitura, e foi isso que fiz. Peguei meu exemplar amareladinho e li novamente.

O cenário é a histórica Ouro Preto (ai, mais lembranças boas...), onde a protagonista Lília vai passar uma temporada na casa da tia, praticamente fugindo de um namoro com uma rapaz rico, de quem ela não gosta, forçado por sua mãe. Lá ela acaba conhecendo Dirceu, uma pessoa diferente de todas que já passaram pela sua vida.

A sensível obra de Ganymedes José vai desde a descoberta do primeiro amor verdadeiro até a liberdade de poder decidir seu próprio destino. A narrativa é recheada de referências ao clássico “Marília de Dirceu”, de Tomás Antônio Gonzaga. Além disso, descreve com precisão a cidade, transportando o leitor às ladeiras mineiras.

Vai muito além de um “livro para se ler na escola”. É de certa forma, inocente, e sem dúvida, poético. É leve. Reflexivo. Eu recomendo.

P.S.: Essa foi minha leitura de agosto para o Projeto 12.

14 comentários:

APPedrosa disse...

Quando li o título do post, pensei "é Ouro Preto". Aquelas ladeiras são mágicas e deixam muita saudade. beijos

Cíntia Mara disse...

Gostei, principalmente por se passar em Minas :)

Beijos

Albuq disse...

Paulinha li esse livro várias vezes quando era adolescente.Ao ler, parece que você está vivendo aquele romance e passeando em Ouro Preto. Amei o post! bjs

Mari disse...

Paulinha, Ganymedes José me lembra a pré-adolescência quando li alguns livros para escola. Esse não li. Mas, claro, adoraria. Tenho certeza que é uma delícia.

Não costumo reler meus livros. Mas ele foi o único autor que fez isso comigo. rsrs

Beijos

Dê Lima disse...

O livro parece bom!

Você tem um projeto 12 livros 12 meses! Que bacana!! Vou dar uma olhadas nos posts com a tag!!

Ha. disse...

Oi Paula!!
Adorei seu blog, cheio de coisinhas legais. Vou ver se pego esse livro para ler, se eu gostar, depois eu vou colocar um post no meu blog comentando!

Beijos!

Mel disse...

Que delícia de livro!!!!!!! Vai pra fila!!!!!!!
Adoro Minas, adoro cidades históricas, adoro amores... ai ai ai.
beijos!

Ela disse...

Eu gosto muito de tudo que me acorda o saudosismo.

gostei do teu post

Tucha disse...

Deve ser mesmo uma historinha mineiramente gostosa de ler, como galinha com quiabo.

Elaine disse...

Adoro esse livro... Por ele soube da história de Marília de Dirceu, que depois vim a conhecer mais a fundo quando estudei Arcadismo no colégio.

Remetente disse...

Que lindo! Sou de Ouro Preto, li esse livro há muito tempo... Na época eu lia Ganymedes José todos os dias, além desse li toda a série da "A Inspetora" e da "Vivi Pimenta", conhece? Nó, que saudade, os livros agora estão com minhas primas mais novas lá em Goiás, nem dá pra reler...

Anônimo disse...

Li esse livro quando estava na 5ª. série, fase boa da minha vida estava descobrindo a vida e suas desventuras.Adorei saber detalhes sobre Ouro Preto cidade que ainda não conheço, mais através desse livro me fez querer ter vivido nela.Mesmo hoje sendo uma adulta leio sempre o livro e não me canso de sentir, a sensação boa dessa fase mágica da vida a adolescência.
Recomendo as pessoas que leiam esse clássico.

Anônimo disse...

chato queria o resumo

Anônimo disse...

É o meu livro favorito

Postar um comentário