terça-feira, 17 de agosto de 2010

O amor segundo C. S. Lewis

"Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve entregá-lo a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde o na segurança do esquife de seu egoísmo. Mas nesse esquife – seguro, sem movimento, sem ar - ele vai mudar. Ele não vai se partir – vai tornar-se indestrutível, impenetrável, irredimível. A alternativa a uma tragédia ou pelo menos ao risco de uma tragédia é a condenação. O único lugar além do céu onde se pode estar perfeitamente a salvo de todos os riscos e pertubações do amor é o inferno."



(C.S Lewis em Os quatro amores)

13 comentários:

Bia disse...

Linda essa passagem, Paulinha! Não conhecia esse livro do C.S. Lewis.

Vou "roubá-la" para os meus quotes!

bjs

Clara disse...

Paulinha cadê vc menina lá no janelas ? saudades!!

"Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir."

essa frase, é a mais pura verdade de uma forma ou de de outra não importa...
beijo

Karlinha disse...

Paula, adorei o post. Não conhecia essa passagem.

(marta silva) disse...

lindo demais, eu sou completamente apaixonada pelo C.S Lewis desde criancinha ^^

Albuq disse...

A-D-O-R-E-I!

Lindo demais!

Dê Lima disse...

Muito bom!
C.S Lewis é ótimo, eu estou lendo as cronicas de narnia e estou adorando!

Mari disse...

Perfeito! É exatamente isso. Os grandes escritores colocam em palavras tudo aquilo que sentimos, mas não sabemos explicar.
Beijinhos

Micha Descontrolada disse...

q show, hein? gostei!!!
amar é arriscar-se.
e viver sem correr riscos, não tem graça.

/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Sarah disse...

Ótima essa passagem que vc postou aqui e tipo a mais pura verdade, se bem que há uns 2 anos quase que tenho evitado deixar que meu coração se apegue a alguém, mas difícil viu? Tem gente que simplesmente insiste em habitar seu coração.
Beijos sis e tô de volta ao mundo dos blogs.

Kézia Lôbo disse...

Adorei!! Lindo demais!!
Preciso ler esse livro!!!

Talita disse...

Amar é isso aí mesmo e não tem graça alguma (e é impossível) viver sem amor!
Gostei muito!
Poxa, se eu soubesse do teu blog antes... adorei esse projeto dos 12 livros em 12 meses!

Beijosss

Cíntia Mara disse...

Uau! Não conhecia essa citação, mas, como sempre, Lewis é ótimo!
Beijos

Angie disse...

Me identifiquei com o texto, mas de qualquer forma e mesmo com dor é delicioso amar...
Bjus!

Postar um comentário